Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Senhora do Perpétuo Socorro,

Que dirigis o olhar e a atenção a todos quantos vos buscam, estendei vossa mão para que possa encontrar apoio e segurança como o vosso Divino Filho, o menino Jesus.

Mãe querida carregai-me no colo quando me assustar diante das cruzes da vida.

Quando meus pés tropeçarem e minhas sandálias escorregarem, sede o fio de esperança a quem possa recorrer.

Que o meu olhar repouse em vosso olhar e meu coração no vosso coração.

Sois a estrela a me guiar e que em vosso silêncio eu aprenda a aquietar meu coração.

Vós indicais Jesus Cristo como Redentor, o nosso Perpétuo Socorro, de quem sois eterna Mãe.

Amém

Subsídios

Pressupostos e horizontes para as atividades pastorais da Paróquia à luz das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (2019-2023)

 

Subsídios - Os Mandamentos

 

Subsídios - Dia Mundial dos Pobres

 

Subsidios - Obras de Misericórdia - Compilação Pe. Simão Valenga

 

Subsídios - A Igreja: Deus forma um povo - Compilação Pe. Simão Valenga

 

Subsídios - Bem Aventuranças: carta magna dos cristãos - Compilação Pe. Simão Valenga

 

Subsídios - Bem Aventuranças: carteira de identidade dos cristãos - Compilação Pe. Simão Valenga

 

Subsídios - Os dons do Espírito Santo - Compilação Pe. Simão Valenga

 

Subsídios: JUBILEUS - Obras de Misericórdia - Compilação Pe. Simão Valenga

 

Subsídios: JUBILEUS - Ano da Graça do Senhor - Compilação Pe. Simão Valenga

 

Subsídios: JUBILEUS - Indulgências - Compilação Pe. Simão Valenga

 

Subsídios: A Caridade - Características do amor verdadeiro - Amoris Laetitia

 

Subsídios: A vocação universal à Santidade - Reavivamento em direção à santidade

 

SUBSÍDIOS PARA A SANTA MISSA DO PAPA FRANCISCO - Compilação Pe. Simão Valenga

Artigo - A Santa Missa

Apresentação - O rito da Missa

 

SUBSÍDIOS PARA O BATISMO DO PAPA FRANCISCO - Compilação Pe. Simão Valenga

Artigo - Batismo

Apresentação - Batismo

 

SUBSÍDIOS PARA A CONFIRMAÇÃO DO PAPA FRANCISCO - Compilação Pe. Simão Valenga

Artigo - Confirmação

Apresentação - Confirmação

Subsídio - Pai Nosso

 

SUBSÍDIO - CARTA APOSTÓLICA ADMIRABILE SIGNUM - DO SANTO PADRE FRANCISCO SOBRE O VALOR DO PRESÉPIO - Compilação Pe. Simão Valenga

Texto

Apresentação

 

SUBSÍDIO - DOMINGO DA PALAVRA DE DEUS

Domingo da Palavra de Deus (texto)

Domingo da Palavra de Deus (apresentação)

Domingo da Palavra Mês da Bíblia (texto)

Domingo da Palavra Dia da Bíblia (apresentação)

 

Catequese dos Atos dos Apóstolos

Catequese do Papa Francisco sobre os Atos dos Apóstolos

 

Subsídio - Padrinhos - Função Eclesial

Apresentação PDF

Padrinhos - Identidade e Função - Apresentação

Quem é o Afilhado

 

Subsídio - Indulgências em tempo de pandemia

Indulgências - COVID19 - Apresentação

Indulgências - COVID19 - Texto

Indulgências - Apresentação

Indulgências e pegadas do pecado

 

Subsídio - Jovens

Anúncio aos Jovens - Papa Francisco

Querigma

 

Subsídio - Perfil do Discípulo

Paulo, perfil do discípulo (texto)

Perfil do Discípulo (apresentação)

 

Subsídio - A Boa Nova

Apresentação

 

Subsídio - O Combate Espiritual

Apresentação

 

Catequese sobre as bem-aventuranças
Catequese do Papa Francisco sobre as bem-aventuranças

 

Orações da Família Vicentina em tempos de pandemia

Orações

 

Subsídio - A Oração

Catequese sobre a Oração

 

Catequese do Papa - "Curar o mundo"

Arquivo PDF

 

Decreto da Penitenciaria Apostólica acerca das Indulgências plenárias pelos fiéis defuntos na atual situação de pandemia, 23.10.2020

Arquivo PDF

 

Catecismo da Igreja

 

Partituras e áudios da CNBB

  

   

  

 

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

 

  

 

 

PASTORAL FAMILIAR

 

Justificativa

Fatores sociais, culturais, políticos, econômicos e religiosos influem nas famílias, tornando-as vulneráveis a desequilíbrios, principalmente quando não estabelecidas e alimentadas com os verdadeiros valores humanos e cristãos.

A fé nos mostra que o matrimônio instituído por Deus no vínculo do amor e elevado por Cristo à dignidade do Sacramento, deve corresponder ao plano divino.

A família, “Igreja Doméstica” (S. João Crisóstomo) no seio da Igreja Universal, tem um papel insubstituível a desempenhar vivenciando o Evangelho, a exemplo daqueles que ajudaram a formar as primeiras comunidades Cristãs.

Constata-se que muitos jovens estão desesperançados, buscando a vivência a dois sem qualquer compromisso civil e religioso, temendo responsabilidades.

Verifica-se que muitos pais não assumem a responsabilidade de orientar seus filhos para o casamento.

Os diversos documentos da Santa Sé e da CNBB têm reconhecido a família como fundamental na ação Pastoral. “[...] Tamanha é sua importância que deve ser considerada ‘um dos eixos transversais de toda a ação evangelizadora” (DGAE 2008/2010, nº 128).

É preciso ajudar todas as famílias a descobrir e redescobrir os valores inalienáveis do casal cristão, célula primeira da Igreja: um casal construído no amor humano retomado e transfigurado por Cristo no Sacramento do Matrimônio. Esta visão de fé não esconde as realidades por vezes dolorosas da vida familiar, mas permite abordá-las com esperança evangélica.

Objetivo geral

Promover, fortalecer e evangelizar a família, valorizando e defendendo o sacramento do matrimônio, acolhendo a todas as famílias, por meio de uma leitura atualizada da realidade.

Objetivos específicos

Formar agentes qualificados, através por meio do Instituto Nacional da Família e da Pastoral Familiar (INAPAF) e/ou de outros meios disponíveis, bem como motivar uma ação incentivadora neste sentido em todas as dioceses. Oferecer formação aos noivos com qualidade, suscitando-lhes interesse na preparação remota, próxima e imediata.

Sublimar os aspectos matrimoniais que apresentam maior fragilidade: indissolubilidade do vinculo, superação das crises conjugais, a abertura da relação conjugal para a fecundidade e a paternidade responsável prioritária na educação dos filhos.

Acolher toda realidade familiar, para que o “Evangelho continue a penetrar na historia de cada realidade eclesial”.

Valorizar o ser humano desde a concepção até a morte, a fim de que a família seja um Santuário de vida, repudiando todas as manifestações a favor do aborto, ajudando na divulgação e uso dos métodos naturais, quando houver motivos para usá-los.

Promover o fortalecimento dos laços familiares nos ensinamentos evangélicos e apontar caminhos para a solução de crises e problemas intrafamiliares a fim de manter o vínculo conjugal.

Incentivar o crescimento da espiritualidade familiar, de modo que pais e filhos encontrem no lar o ambiente propicio para o desenvolvimento de sua vida cristã.

Despertar a família para seu papel educador, onde se aprendem os valores humanos e evangélicos para preparar as novas gerações para o matrimonio.

Despertar o sentido missionário da família, considerando que é a família que evangelizará a família.

Suscitar a participação das famílias nos tempos litúrgicos, reaproximando as famílias afastadas da igreja, promovendo eventos celebrativos, reuniões e reflexões de subsídios especialmente preparados para este fim.

Manter articulados Movimentos, Institutos e Serviços Familiares e de promoção de defesa da vida, que já atuam como agentes da Pastoral Familiar nas paróquias e dioceses.

Atividades permanentes

Dinamizar a atuação da Pastoral Familiar no âmbito paroquial, propiciando a evangelização na dimensão da palavra, testemunho e acompanhamento dos valores cristãos “inter e intra” família.

Aperfeiçoar e manter as estruturas no âmbito regional e diocesano, como elos transmissores das reflexões, inquietudes e esperanças da Igreja, procurando cobrir lacunas ou deficiências e promovendo troca de experiências e criatividade, para favorecer as ações paroquiais.

Realizar reuniões de equipes e/ou comissões coordenadoras nos âmbitos: paroquial, diocesano, provincial, regional e nacional.

Promover assembleias nos âmbitos: paroquial, diocesano, provincial, regional e nacional com acolhimento da maior representatividade possível.

Promover formação específica, sistemática e eventual, de lideranças da Pastoral Familiar.

Participar dos tempos fortes relacionados a família em conformidade com a especificidade de cada comunidade eclesial.

Estar presente nos eventos, encontros e reuniões da estrutura da Igreja, em vista de uma pastoral orgânica.

Projetos

Viver, crescer e aperfeiçoar-se como comunidade de pessoas.

Ser “Santuário da vida” servidora da vida, visto que o direito à vida é a base de todos os direitos humanos.

Ser “Célula primeira e vital da sociedade”: por natureza, por vocação, a família é chamada a ser promotora do desenvolvimento e protagonista de uma autêntica “política familiar”.

Ser Igreja domestica” – “Santuário da vida que acolhe, vive, celebra e anuncia a Palavra de Deus”.

Prioridades

Intensificar a articulação das estruturas da Pastoral Familiar nos âmbitos: paroquial, diocesano, provincial, regional e nacional.

Estabelecer metas claras e concretas para a formação de agentes de Pastoral Familiar no curto, médio e longo prazos.